Marketing Digital e a Neurolinguística

Tudo muda constantemente, mas existem coisas que são sempre iguais, vou comentar aqui um exemplo de marketing digital e a neurolinguística, que custa muito a população e governo mundiais mas que em minha opinião foi um dos melhores trabalhos já realizados.
Pense comigo como a indústria do tabaco fazia para atrair consumidores (na grande maioria jovens) para o seu produto, eram comerciais abrangendo os três níveis básicos da Neurolinguística, Visual (ver),Sinestésico (sentir) e Auditivo (ouvir).
Quem é desta época, independente de ser fumante ou não, não se esquece dos comerciais do Free, Marlboro, Minister, Hollywood, Mustang, Charm, etc., eram muito bem elaborados, segue abaixo alguns deles:
 
cérebro

 

 
Desenho dos Flingstones com os cigarros Winston,parece brincadeira né…
Venha para o mundo de Marlboro
Este do Hollywood é inesquecível
O importante é ter “Charm”
Quero deixar claro que não é minha intensão fazer apologia ao fumo, porém estes comerciais servem como exemplo para atrair visitas aos sites e redes sociais usando o Marketing Digital e a Neurolinguística.
Repare que cada marca atrai um público específico, executivos, atletas, esportistas, aventureiros, casais e até crianças como mostra o comercial dos Flingstones e é exatamente isso que um site deve fazer ao utilizar o marketing digital e a neurolinguística, possuir conteúdo bem elaborado para um público específico ou conter um pouco para cada público.
 
Hoje escuta-se muito sobre os males que o cigarro causa, mas pouco se faz para combatê-lo, a única forma de reparar o que os comerciais de cigarro criaram (viciados) é fazer o caminho inverso, independente da mídia.
 
O governo deveria começar a criar comerciais bem elaborados voltados também para os jovens, executivos, esportistas, casais, etc., mostrando os males do cigarro e também utilizando os três níveis da Neurolinguística (visual, auditivo e sinestésico),desta forma eu não tenho dúvida que em alguns anos a indústria do Tabaco seria eliminada da mente das pessoas.
Se a intenção é atrair músicos a um site não adianta colocar somente textos, mesmo que sejam sobre música, deve-se elaborar um conteúdo com “músicas” em conjunto com Podcasts, Vídeos, ou seja, além de textos conteúdo auditivo.
Sendo o site direcionado para pintores, deve-se elaborar um conteúdo mais voltado para o visual.
Para aqueles que gostam mais de “conversar” com a empresa não podemos esquecer de um espaço bem elaborado para o cliente interagir com a empresa, formulários, Twitter, Facebook, Linkedin, E-Mails, etc.

Conclusão sobre Marketing Digital e a Neurolinguística

Não é complicado ter os seus artigos na primeira página do Google, basta ter disciplina e seguir as dicas que apresento neste artigo, o problema é que as pessoas querem ter resultados sem ter trabalho, o famoso pulo do gato que na verdade não existe.
Blogueiros de sucesso ganham dinheiro com seus produtos e/ou programas de afiliados porque investem em conteúdo de qualidade, só isso, não tente reinventar a roda e esqueça as dicas mirabolantes, elas só servem para enganar você.
Deixe os seus comentários e compartilhe o artigo, assim você estará ajudando o blog!
Veja também:
 

Ricardo Sierban

Ricardo Sierban é formado em Processamento De Dados, trabalha com moedas virtuais desde 2015, amante do Marketing e assuntos que promovam o crescimento pessoal e profissional.

Website: http://blog-marketisite.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *